PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
02/08/2017 09h45 - Atualizado em 02/08/2017 10h47

Famílias de 10 municípios recebem cartão Pró-Família

Aline Coelho | Setas/MT


O município de Alto Garças (362 km de Cuiabá) foi o primeiro a receber os cartões do Pró-Família na região Araguaia. A entrega de 89 cartões a famílias vulneráveis e trabalhadores da assistência social aconteceu na noite dessa segunda-feira (31.07).

 

O programa articulado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Trabalho e Assistência Social (Setas) para tirar famílias mato-grossenses da situação de vulnerabilidade social, levará os cartões a famílias em 10 municípios daquela região.

 

A entrega dos cartões às famílias foi realizada pelo governador Pedro Taques e o titular da Setas Max Russi. O secretário destacou que o cartão é uma ferramenta de empoderamento das mulheres, chefes de família. A exemplo de Alto Garças, onde 96% das famílias beneficiadas pelo programa tem a mulher como principal ou única provedora.

 

Exemplo disso é Vasti Brito, de 55 anos, que cuida do filho de 22 anos que nasceu com múltiplas deficiências e do marido que está a mais de um ano sem poder trabalhar por sequelas causadas por um acidente de moto. Precisando cuidar dos dois ela também não trabalha e a renda proporcionada pelo cartão Pró-Família será o único valor fixo com o qual a família poderá contar a partir de agora.

 

Suzane Carvalho de 22 anos também faz o que pode para manter as duas filhas de quatro e dois anos. O companheiro não consegue emprego fixo e a renda de R$ 100,00 mensais irá garantir a segurança alimentar da família. "Precisamos pagar aluguel, energia, água, então esse dinheiro traz a certeza da comida na mesa para o dia-a-dia".

 

O governador Pedro Taques comentou que a formatação do Pró-Família beneficia os vulneráveis que recebem os cartões, os trabalhadores da assistência social e os comerciantes que aderirem ao programa."É gratificante entregar um produto que realmente transforma a vida das pessoas", afirmou o governador Pedro Taques.

 

Em Alto Garças, quatro mercados estão credenciados para a venda de alimentos por meio do cartão Pró-Família. O comerciante Everson Santana, conta que a empresa da qual é proprietário trabalha com a venda no atacado e varejo, e atualmente tem fazendeiros e proprietários de pequenos mercados como principais consumidores. "Com a adesão ao pagamento com o cartão, o objetivo é ampliar o negócio, contratar mais gente. Para permitir que as pessoas consumam mais e por um bom preço não exploramos caixa fechada e sempre fazemos promoções".

 

Cartões

As entregas acontecem durante a 8ª edição da Caravana da Transformação, que tem Barra do Garças como sede, e podem totalizar 107.200,00 mensais em transferência de renda para 936 famílias e trabalhadores da assistência social beneficiados.

 

Os municípios que receberão os cartões são Alto Garças, Araguainha, Araguaiana, Barra do Garças, General Carneiro, Novo São Joaquim, Pontal do Araguaia, Ponte Branca, Ribeirãozinho, Torixoréu. Ao todo, 824 famílias serão beneficiadas nos 10 municípios com a transferência de renda mensal ao valor de R$ 100,00 para a aquisição exclusiva de alimentos.

 

Enquanto 99 agentes comunitários de saúde (ACS) recebem o complemento de renda ao valor de R$ 100 e 13 assistentes sociais ao valor de R$ 300,00. O total é de R$ 96.200,00 mensais, mas esse valor deve chegar aos R$ 107.200,00.

 

Acontece que das 933 famílias inicialmente cadastradas na região, 824 tiveram o cadastro validado. Para as vagas indeferidas, os municípios podem regularizar os cadastros dos solicitantes atuais ou preencher com novas famílias que atendam aos requisitos do CadÚnico.