PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
03/08/2017 10h09 - Atualizado em 03/08/2017 11h11

Cofinanciamento é entregue em parcela única a 20 municípios

Aline Coelho | Setas-MT


O cheque para a manutenção dos serviços de Assistência Social do menor município de Mato Grosso, Araguainha (445 km de Cuiabá), foi entregue pelo governador Pedro Taques e o secretário de Estado de Trabalho e Assistência Social, Max Russi, nesta terça-feira (1º.08). Ao todo, 20 municípios do Araguaia recebem o cofinanciamento do Fundo Estadual da Assistência Social durante a 8ª edição da Caravana da Transformação, sediada em Barra do Garças.

 

O valor total repassado em parcela única para os municípios é de R$ 714 mil, e o destinado a Araguainha é R$ 30.730,00. Esse dinheiro irá garantir os atendimentos diários à população por meio dos serviços da rede como o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS).

 

O prefeito do município, Silvio "Silvinho" Moraes, destaca que frente a esse momento de crise econômica cerca de 20% da população do município de mil habitantes estão em situação de vulnerabilidade. "Esse valor representa a garantia do atendimento à população, pois apesar de o município ser pequeno, tem um número expressivo de vulneráveis e o apoio do Estado é importante para auxiliarmos a reestruturação dessa famílias".

 

A fala do gestor é reforçada pela secretária municipal de Assistência Social de Araguainha, Maria de Souza. Ela conta que o CRAS realmente é referência no município. Além dos atendimentos agendados, como o acompanhamento e convivência de adultos e de crianças, ainda existem os de urgência. “Quando a pessoas precisa de qualquer auxílio, independente do setor, é o CRAS que ela procura".

 

"Estamos cumprindo o que pede o governador Pedro Taques, estendendo as mãos aos mais vulneráveis. Eu já fui gestor municipal e sei da urgência em atender quem mais precisa, e muitas vezes esse dinheiro não chega no momento que precisamos, pois antes o cofinanciamento era enviado em quatro parcelas. Por isso, o governador e eu decidimos enviar em parcela única", afirma Max Russi.

 

O titular da Setas esclarece que o dinheiro do cofinanciamento deve ser utilizado, entre outras ações, para o fortalecimento do CRAS e atendimento de benefício eventual para famílias que precisam de auxílio, como, por exemplo, o pagamento do aluguel social.

 

Os municípios beneficiados pelo cofinanciamento e os valores liberados são: Alto Araguaia (R$ 29.640,00), Alto Garças (R$ 29.148,00), Araguaiana (R$ 32.565,00), Araguainha (R$ 30.730,00), Água Boa (R$ 53.199,00), Barra do Garças (R$ 102.000,00), Cocalinho (R$ 33.127,00), General Carneiro (R$ 28.175,00), Pontal do Araguaia (R$ 29.929,00),0 Ponte Branca (R$ 35.980,00), Ribeirãozinho (R$ 33.664,00), Torixoréu (R$ 30.094,00), Nova Xavantina (R$ 32.073,00), Novo São Joaquim (R$ 29.586,00), Querência (R$ 29.815), Bom Jesus do Araguaia (R$ 30.340,00) , Canarana (R$ 30.203,00), Gaúcha do Norte (R$ 31.082,00), Nova Nazaré (R$ 32.095,00), Ribeirão Cascalheira (R$ 31.019,00).