PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
03/05/2019 07h42

Max Russi quer garantir manutenção da Unidade Integrada de Cidadania e Direitos Humanos de Jaciara



O primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, deputado Max Russi (PSB), busca assegurar a manutenção da Unidade Integrada de Cidadania e Direitos Humanos de Jaciara. Além da Polícia Judiciária Civil, nas instalações há ainda um posto de atendimento do Procon, sala para Polícia Militar, sala de atendimento à mulher, criança e idoso, sala da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec).

 


A Indicação nº 1375/2019 foi sugerida ao parlamentar pelo vereador Vanderlei Silva de Oliveira, atual presidente da Câmara Municipal do município. Ele alega que o receio do fechamento é devido a calamidade das contas públicas, que motivou o estado a propor a extinção de alguns órgãos, que compõe a estrutura governamental.

 


"Essa calamidade financeira ocasionou a extinção de muitos órgãos no estado. Nossa região aqui não pode correr esse risco", argumentou o vereador.

 


A unidade, que também atende a outros municípios do Vale do São Lourenço, sendo eles: Juscimeira, São Pedro da Cipa e Dom Aquino, foi inaugurada no ano passado e teve a articulação do deputado Max Russi.

 


"A unidade antiga tinha uma estrutura totalmente precária, sem condições mínimas de oferecer serviço de qualidade a população. Esse novo prédio foi um projeto que teve a participação direta do Tribunal de Justiça (TJ-MT) e tudo ali foi pensado para oferecer um atendimento mais humanizado", explicou Russi.

 


O deputado lembra ainda que a Unidade Integrada executa e articula várias ações, que promovem o reconhecimento de cidadania da região, principalmente no atendimento junto às mulheres vítimas de violência doméstica, estas que poderão ficar desamparadas caso o local seja realmente fechado.

 


"Não podemos deixar com que isso aconteça, pois sabemos a importância que essa unidade representa, não só para Jaciara, quanto para o Vale do São Lourenço. Fiz essa indicação e estarei acompanhando", assegurou Max Russi.