PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
05/05/2019 08h15

Água distribuída a população juscimeirense é de excelente qualidade, segundo análise

assessoria de imprensa


Sempre atento à qualidade que serve à população e com um rigoroso
controle de qualidade, o Departamento de Água e Esgoto de Juscimeira
divulgou o resultado da análise da água realizado durante todos os meses
do ano de 2018, conforme determina o Decreto nº 5440/2015, do Ministério
da Saúde. O resumo das análises mensais é distribuído com um informativo
e a fatura vigente, para todas as Unidades Consumidoras do município.

 

Segundo o químico responsável pela análise, Nilton Sérgio Gonçalves, a
água distribuída através do DAE Juscimeira é proveniente do lençol
subterrâneo com pureza natural e excelente qualidade dentro dos
parâmetros exigidos.

 

“Durante todos os meses são colhidas um número determinado de amostras e
em nenhuma delas teve ocorrência de coliformes (bactérias). Para chegar
até a casa do consumidor é feito apenas o tratamento com cloro com a
finalidade de proteger caso neste percurso a rede sofra alguma
contaminação conseqüência de vazamento”, explicou o químico.

 

De acordo com diretor do DAE, Julio Pedro Júnior, os números das
amostras analisadas, conforme a tabela resumida, estão acima da
exigência do Ministério da Saúde. Nelas são observadas a parte química
(cloro residual livre e pH ), bacteriológico (coliforme) e a parte
física estética da água (turbidez e cor).

 

“É muito importante destacar que o cidadão deve cuidar dos seus
reservatórios e caixas d´água, realizando a limpeza dos mesmos a cada
seis meses. O Departamento de Água garante a qualidade do liquido até o
cavalete, do portão para dentro é de responsabilidade do consumidor”,
alertou.

 

Ainda segundo Júlio, mudanças de hábitos são atitudes simples que ajudam
a economizar a água e o seu dinheiro. “Cuide bem do Hidrômetro. Bem
conservado e com lacre intacto, registra com segurança a quantidade real
de água consumida. O Hidrômetro é um bem público, mas a conservação e
guarda do aparelho são também de responsabilidade do consumidor. Somente
funcionários credenciados pelo DAE podem fazer a manutenção”, concluiu.