PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
16/06/2019 15h34

91% dos produtores de soja do Estado de Mato Grosso preferem sementes certificadas

Camila Benac - Ascom Abrass (foto: Aprosoja)


Um estudo quantitativo contratado pela Associação Brasileira dos Produtores de Sementes de Soja – ABRASS aponta que do total do público entrevistado, 91% usam sementes certificadas. Melhor padrão de qualidade, certificação, aumento da produtividade, inovação e avanços do melhoramento genético são resultados esperados na utilização das sementes certificadas.

 

Para o presidente da ABRASS, Tiago Fonseca a realização de pesquisas de opinião junto ao agricultor é fundamental para o desenvolvimento das atividades. “A agricultura brasileira é uma das mais tecnificadas e competitivas do mundo, por isso, quanto mais informações de qualidade nós tivermos sobre as preferências de nossos produtores melhor será o nosso aproveitamento final”, Afirma.

 

A pesquisa que foi realizada entre os dias 20 a 28 de março de 2019, ouviu 400 agricultores no estado de Mato Grosso e teve com objetivo de conhecer as preferências e acolher as demandas do setor.

 

Os resultados do estudo foram apresentados em primeira mão pelo diretor executivo da ABRASS Luciano Vacari, durante a reunião da Academia de Liderança da APROSOJA/MT, nesta quarta-feira, 12 de junho em Brasília-DF.