PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
09/05/2020 16h10 - Atualizado em 09/05/2020 17h12

CGE publica perguntas e respostas sobre condutas vedadas no período eleitoral

Ligiani Silveira | CGE-MT


A Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) consolidou em uma publicação digital 45 perguntas frequentes dos órgãos do Governo de Mato Grosso e respectivas respostas dos auditores do Estado sobre as normas que devem orientar a conduta dos agentes públicos nas eleições municipais deste ano. Principalmente nos três meses que antecedem o pleito, ou seja, a partir de 4 de julho de 2020.

 

O objetivo é orientar os agentes públicos do Poder Executivo do Estado de Mato Grosso acerca das vedações eleitorais para evitar a prática de atos ilícitos e impedir o uso da máquina pública em favor de alguma candidatura.

 

O material aborda temas como convênios, atos de pessoal, uso de bens públicos, distribuição de benefícios, inaugurações, propaganda eleitoral, publicidade institucional e mais.

 

O material foi produzido com fundamento na Lei Geral das Eleições (Lei n. º 9504/97) e em resoluções do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e entendimentos do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE/MT).

 

A cartilha trata de forma geral das condutas vedadas em período eleitoral. Por isso, dúvidas e situações específicas devem ser esclarecidas mediante consulta direta à Justiça Eleitoral, à CGE-MT e à Procuradoria Geral do Estado (PGE-MT).

 

A consolidação de perguntas e respostas sobre as vedações eleitorais está disponível no site www.controladoria.mt.gov.br, no menu Acessos, Manuais/Cartilhas/2020.

Clique AQUI para acessar o link a cartilha.