PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
22/05/2020 09h19

Atleta dá dica de dieta que consegue ativar o bom humor e ajuda a perder peso

Fabiano de Abreu


As dietas tradicionais para emagrecer de modo geral, elevam os níveis de cortisol, podem ter forte impacto no humor e tolerância. Isto se deve, além da questão psicológica, à restrição severa e abrupta de certos nutrientes como carboidratos, deixando as pessoas mais irritadas e suscetíveis a perder a calma.


O atleta Italo Costa, campeão de fisiculturismo WBFF, elaborou algumas dicas para fazer dieta sem ficar mau humorado: “as mulheres vivem sob constante pressão, tendo que lidar com trabalho, afazeres de casa e cuidado dos filhos e de muitas outras coisas que sabem fazer tão bem. Além disso, existe a pressão da sociedade para que a mulher seja sempre bonita, magra e saudável. Isso geralmente faz com que as pessoas tomem uma atitude drástica para ter um resultado mais rápido, se restringindo muito, o que é um ataque ao psicológico e em muitas vezes além de estresse leva a um futuro efeito rebote.”


Italo Costa conta que baseado em sua experiência como atleta profissional e em conselhos simples que podem ser adotados por todos, é possível emagrecer sem lidar com colaterais como variações de humor: “Meu objetivo é que as mães consigam ter uma dieta que lhes permita emagrecer, se assim for preciso, mas também ter saúde física e emocional, sem variações de humor severas. Esses conselhos servem para todas as mães, estando acima do peso ou não. Não que ela esteja gorda, mas para ter saúde.”


Dicas para ativar o humor e emagrecer com saúde

Não vá com muita sede ao pote.

Não restrinja o número de refeições e quantidades. Em vez disso, faça melhor as escolhas alimentares, como por exemplo trocar uma coxinha da padaria por um cacho de uvas.


Hidrate-se

Só de aumentar a ingestão de água já acelera o metabolismo. Além disso, muitas vezes que achamos que estamos com fome, na verdade só precisamos nos hidratar.


Pequenas mudanças grandes resultados

Pequenas mudanças a longo prazo fazem grande diferença, isso significa q a somatória ate das pequenas coisas, como petiscos no dia, fazem grande diferença calórica. Substituições e não restrições, um dos grandes segredos para até enganar nosso corpo é substituir um alimento por outro menos calórico.


Fibras

Elas são nosso principal aliado em micronutrientes e para saciar a fome. Invista em ingerir menos calorias e coma mais fibras, aumentando a ingestão de legumes, verduras e saladas, que são ricos em fibras.


Estimulantes

Eles podem ajudar mas em excesso podem ser violões aumentado o estresse.
O exemplo de como isso é comum, seria não passar de 4 xícaras de café no dia, considerando apenas a cafeína do café.


Busque um nutricionista

As dicas acima são valiosas, mas sempre procure um profissional da área para uma avaliação personalizada e um plano alimentar de acordo com a sua individualidade biológica.