PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
18/09/2020 19h57 - Atualizado em 20/09/2020 17h45

Batalhão de Trânsito alerta ciclistas para uso obrigatório de equipamentos de segurança durante período de queimadas

Greyce Lima | Secom-MT


Nos últimos meses, policiais do Batalhão de Trânsito Urbano e Rodoviário (BPMTran) identificaram um aumento significativo de ciclistas nas ruas e avenidas de Cuiabá e Várzea, bem como nas rodovias de Mato Grosso.

 

A unidade especializada da PM alerta os ciclistas para redobrar a atenção ao pedalar e principalmente fazer o uso obrigatório dos equipamentos de segurança, ainda mais neste período de registros de incêndios e fumaça, que prejudicam a visibilidade no trânsito. 

 

De acordo com informações do BPMTran foi constatado que as principais vias e rodovias procuradas pelos ciclistas são as BR 070 (que liga a Cáceres), BR 364 (que liga a serra de São Vicente), MT 040 (Santo Antônio do Leverger) e MT 251 (Chapada dos Guimarães), além das ruas e avenidas de Cuiabá e Várzea Grande.

 

A PM lembra os ciclistas sobre a obrigatoriedade de utilizar os equipamentos de segurança como a sinalização de luminosos dianteiros, traseiros e laterais e obedecer a sinalização; sempre optando em pedalar em espaços seguros de preferência as ciclofaixas. 

 

O comandante do Batalhão de Trânsito da PM, tenente-coronel Adão César explica que o código de trânsito brasileiro estabelece algumas regras aos condutores de veículos e ciclistas de forma que possam usufruir de espaços comuns com toda segurança.

 

O militar destaca que as bicicletas têm prioridade sobre os veículos maiores e os que possuem motor, ou seja, o motorista sempre que possível deve conceder a passagem ao ciclista. E tanto o motorista quanto o ciclista devem prezar pela segurança do pedestre, conforme determina o parágrafo 2°, do artigo 29, do CTB.

 

O tenente-coronel Adão César diz ainda que os ciclistas também devem se atentar às normas básicas de segurança.

 

“São essenciais os equipamentos de sinalização luminosos dianteiros, traseiros e laterais, sobretudo neste período de fumaça que dificulta a visibilidade dos condutores em observar a sua volta. Não é incomum hoje deparamos com ciclistas disputando espaço com veículos automotivos sem estarem com os sinais luminosos. A segurança deve estar antenada por todos, sejam ciclistas, condutores e pedestres ” ressalta o comandante do BPMTran.