IFMT São Vicente, maior escola agrícola do Brasil, completa 78 anos

ASSESSORIA DE COMUNICAçãO - IFMT CâMPUS SãO VICENTE


Maior escola agrícola do Brasil, o IFMT Câmpus São Vicente completa 78 anos de fundação neste 14 de abril. Sem a tradicional festa que reunia anualmente centenas de ex-alunos, servidores e aposentados, em meio à pandemia, a escola comemora mais um ano mostrando que nunca parou.

Os alunos, principal público da instituição, não são mais vistos nos corredores e no pátio da construção já quase centenária. Porém, a escola-fazenda não parou um dia sequer. Os animais continuam sendo bem tratados, experimentos e pesquisas movimentam o campo, e a infraestrutura vem recebendo, dia após dia, ajustes e melhorias estruturais aguardando o retorno da comunidade são vicentina. “São Vicente não para!” já virou o bordão do câmpus durante a pandemia.

Além da sede, seus centros de referência também continuam ativos. Em Campo Verde, após entrega do bloco C, a instituição viu sua área de campo aumentar em mais 28 mil metros quadrados. Em Jaciara, um novo prédio, com toda a infraestrutura necessária, aguarda os estudantes para o retorno das aulas presenciais, e um novo curso foi criado e já está andamento: Técnico em Ludoteca.

Na Serra de São Vicente, o tão esperado asfalto já implantado em algumas ruas, junto ao paisagismo. O prédio da mecanização está passando por uma grande reforma; e a instalação de uma usina fotovoltaica está prestes a ficar pronta. Mais um alojamento exclusivo está em reforma para abrigar o público feminino crescente entre os técnicos em agropecuária.

O ano letivo 2021 teve início no final de março, ainda no Regime de Exercícios Domiciliares (RED), onde a tecnologia se mostra de extrema importância para a comunicação entre escola e alunos.

Esta nova dinâmica, que professores, técnicos e alunos tiveram que aprender às pressas também se manifesta fundamental para o projeto de extensão “Práticas Agropecuárias: capacitação solidária para formadores de Guiné-Bissau”, que está em execução entre o IFMT São Vicente e uma comunidade africana, através de plataformas digitais.

Eleições para escolha do Reitor e Diretores Gerais foram realizadas no final de 2020 e as posses acontecem no decorrer deste mês. Com Reitor do IFMT foi escolhido o professor Júlio Santos e para mais quatro anos frente ao Câmpus São Vicente continua o professor Livio Wogel.

Para o Diretor-Geral, “completar 78 anos de existência de uma instituição educacional é uma alegria, por saber que nossa escola continua viva e se renovando a cada exigência da história”.

“Somos uma escola tradicional, a mais antiga de Mato Grosso na educação agrícola, mas não velha. Continua viva e se renovando, nos estudantes que forma a cada ano, na capacitação dos nossos servidores, nas pesquisas que realizamos e na produção do conhecimento que partilhamos com a sociedade. E estamos modernizando nossa infraestrutura para atender as exigências do mundo contemporâneo. Parabéns São Vicente por seus anos de vida!”, resume Livio Wogel.

História
A instituição, então chamada “Aprendizado Agrícola Mato Grosso”, foi criada em 1943 pelo então presidente da República Getúlio Vargas, com capacidade para 200 alunos de nível primário.

Hoje são mais de 1,2 mil estudantes e diversos cursos de ensino médio técnico, graduação e também pós-graduação.

Saiba mais sobre a história de São Vicente em http://svc.ifmt.edu.br/conteudo/pagina/historia-do-campus/



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE