PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
06/02/2019 16h56

Por adequação ao calendário, final da Copa do Brasil será em setembro

Assessoria CBF


A Copa do Brasil 2019 apresenta uma novidade nesta 31ª edição. A competição mais democrática do país terá seus jogos de ida e volta da grande decisão em período diferente com relação aos anos anteriores: no mês de setembro. O objetivo da medida é trazer uma adequação ao calendário, garantindo uma melhoria aos clubes participantes.

 

Com o primeiro jogo marcado para o dia 4 e o segundo para o dia 11, as equipes não precisarão mais conciliar a reta final do Campeonato Brasileiro com a final da Copa do Brasil. O diretor de competições da CBF, Manoel Flores, explica a decisão da entidade pela mudança.

 

– Foi uma mudança estratégica por conta da reta final das competições. A CBF entendeu que ao recuar as finais para setembro aliviaríamos a reta final do volume de decisões que a gente geralmente tem entre o final de novembro e o começo de dezembro. Estamos convictos de que com isso conseguiremos ter uma reta final de forma mais aliviada e mais amena para os clubes. E com essa medida nós privilegiaremos também a final da Copa do Brasil, garantindo que ela tenha uma atenção total e plena – declarou Manoel Flores.

 

A Copa do Brasil completa 30 anos nesta temporada e segue mais democrática do que nunca. Dividida em oito fases, a competição conta com 91 clubes ao todo, com envolvimento de times e torcidas de todas as cinco regiões e dos 27 estados do país. São três décadas de histórias que reforçam o encanto do fã de futebol pelo torneio, que cresceu nos últimos anos e, atualmente, distribui as maiores premiações do cenário sul-americano e nacional.

 

De acordo com o seu desempenho por fase, as equipes podem garantir cotas milionárias e mudar o patamar do seu orçamento.