PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
23/10/2019 07h45

Cidade brasileira é escolhida para abrigar programa da ONU de democracia participativa

Elisa Esposito - Caravelas Consultoria


Fortaleza é a primeira cidade do mundo a abrigar o programa do Undef (Fundo Democrático das Nações Unidas) de democracia participativa. Como primeira ação, no último dia 18, sexta-feira, foi realizado evento público para sorteio dos 40 moradores que formarão o 1º Conselho Cidadão da cidade, seguindo metodologia do coletivo Delibera Brasil.

 

"O fato dessa escolha - o sorteio dos participantes – acontecer aqui nesta casa, está coberto de simbolismos”, disse o Vereador Antônio Henrique, presidente da Câmara Municipal da cidade. Cem pessoas compareceram à Câmara Municipal da capital cearense, onde foram sorteados os moradores que irão discutir e propor soluções para o problema do lixo da cidade.

 

Chamado de “Vencer o Desafio do Lixo – Uma Fortaleza Viva e com Mais Saúde para Todos”, o projeto foi encabeçado pela Prefeitura em parceria com a ONG NewDemocracy Foundation, com o coletivo Delibera Brasil e financiado pelo Undef.

 

O tema do lixo - que inclui a geração e o descarte irregular – é um problema comum nas grandes metrópoles do mundo. No caso de Fortaleza, são mais de 1.000 pontos de descarte irregular espalhados pelas ruas, canteiros centrais e áreas de preservação ambiental.

 

Silvia Cervellini, cofundadora e coordenadora do Delibera Brasil explica como foi o processo de escolha da cidade brasileira “Estávamos buscando governos parceiros, no âmbito municipal, que já tivessem uma cultura participativa e pudessem topar fazer este caso de demonstração conosco. Começamos a mapear as prefeituras e conseguimos um contato com o Observatório de Fortaleza. Conhecíamos o trabalho deles e eles logo se entusiasmaram”.

 

PRÓXIMOS PASSOS

Agora os moradores escolhidos receberão uma cartilha informativa com dados sobre a situação do lixo na cidade. O conteúdo será debatido ao longo de cinco sessões deliberativas nos dias 26 de outubro, 9, 23 e 30 de novembro, finalizando no dia 7 de dezembro.

 

A ideia é que, na última sessão, seja consolidado um relatório com propostas que será entregue para o prefeito. “Em um momento de polarização política como o atual faz-se necessário fortalecer a democracia, trazendo a população para dentro do processo decisório”, finaliza a fundadora do Delibera Brasil.

 

 

Sobre Delibera Brasil

Fundado em 2017, o coletivo Delibera Brasil é uma organização sem fins lucrativos e suprapartidária que objetiva contribuir para o fortalecimento e aprofundamento da democracia brasileira, ao promover e viabilizar a deliberação cidadã. Essa nova forma de participação cidadã ajuda governos, lideranças políticas, movimentos, comunidades e coletividades a encaminharem decisões difíceis e complexas, com foco no bem comum.