PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
06/11/2019 16h45

Ministério da Cidadania lança programa voltado à pessoa idosa

Ascom/Ministério da Cidadania


O Ministério da Cidadania lança nesta quarta-feira (06), em Brasília (DF), o programa Vida Saudável na modalidade Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa. A iniciativa vai oferecer aos municípios capacitação profissional e kits de materiais para atividades físicas, culturais e de lazer para a população idosa. Os kits reúnem, entre outros itens, tapetes fitness, cordas de ginástica, minicones, petecas, escadas de chão para treinamento funcional, caixa de som e jogos de dominó, xadrez e damas.

 

O programa alia dois projetos do Ministério da Cidadania. O Vida Saudável, da Secretaria Especial do Esporte, e a Estratégia Brasil Amigo da Pessoa Idosa, da Secretaria Especial do Desenvolvimento Social. Com isso, o programa da pasta esportiva ganha escala. Atualmente, há 45 núcleos e 9.200 beneficiados em oito municípios. A expectativa é de que, agora, os benefícios cheguem a até 460 municípios.

 

“A essência é incentivar o protagonismo da pessoa idosa e promover ações destinadas ao envelhecimento ativo, saudável, sustentável e cidadão da população, principalmente nas regiões mais vulneráveis”, afirma o ministro da Cidadania, Osmar Terra. As atividades são voltadas, predominantemente, para pessoas a partir de 60 anos nos núcleos de esporte recreativo e de lazer.

 

A adesão ao programa depende de iniciativa das prefeituras, que devem indicar o número de núcleos que pretendem implantar, o setor que ficará responsável pela coordenação do programa e disponibilizar profissionais de educação física responsáveis pelo desenvolvimento das atividades. Os municípios devem garantir, ainda, que o programa seja ofertado à população por pelo menos 14 meses.

 

Para consolidar a adesão, o município deve baixar no Sistema Brasil Amigo da Pessoa Idosa (Sisbapi) o Termo de Manifestação de Interesse. O documento deve ser preenchido e assinado pelo prefeito e enviado de volta ao Sisbapi. As inscrições podem ser feitas até 2 de dezembro de 2019. O endereço para as adesões é http://aplicacoes.mds.gov.br/sisbapi/.